Qua, 20 de dezembro de 2017, 14:30

A biodiversidade de Sergipe e cercanias em imagens
A biodiversidade de Sergipe e cercanias em imagens

Projeto de Extensão "A biodiversidade de Sergipe e cercanias em imagens"


Coordenador do Projeto

Alberto Corrêa de Vasconcellos


Introdução/Justificativa

O Estado de Sergipe apresenta uma rica biodiversidade, sendo esta representada tanto no litoral quanto no continente. O seu litoral abriga formas marinhas tanto endêmicas quanto exóticas. É reconhecido por ser um berçário tanto no que se refere aos manguezais como, também, uma das regiões as quais ocorrem a postura de ovos de quelônios tidos como em processo de extinção. O projeto Tamar, que monitora a reprodução de tartarugas marinhas, tem no estado sua base mais promissora em preservação de indivíduos jovens que buscam abrigo nas praias de Sergipe. A fauna e flora é diversificada tanto nos ambientes litorâneos, como as restingas e mangues, quanto no continente nas ilhas de vegetação que representam a Mata Atlântica. Porém, este variado conjunto de biodiversidade encontrasse em estado de degradação contínua devido a interferência humana. Embora tenham sido estabelecidas Áreas de Proteção Ambiental (APAs) pelo governo do estado, as mesmas não têm sido suficientes para conter os processos desestruturantes que a biota do estado tem sofrido ao longo dos anos devido a ocupação humana.

O presente estudo tem como objetivos (1) realizar um banco de imagens das regiões protegidas, as quais possam ser utilizadas tanto nos trabalhos de educação ambiental quanto em pesquisas sobre o impacto de fatores externos na biodiversidade do Estado de Sergipe, e, (2) na utilização das imagens para conteúdo didático em sala de aula permitindo, assim, que os discentes possam associar os estudos de Biologia com exemplos regionais.

Objetivos

O presente estudo visa a partir de atividades de trabalho de campo coletar imagens relativas a biodiversidade contida no interior do estado de Sergipe e cercanias, tanto em áreas de proteção ambiental quanto em localidades aonde se encontram aspectos da biodiversidade ainda não afetados, ou parcialmente afetados. As imagens já realizadas estão sendo disponibilizadas ao público por meio dos álbuns “Biodiversidade de Sergipe”, “Biodiversidade do Brasil” e “Poluição Ambiental” (em desenvolvimento) sediados nas bases do Flickr e Instagram. As imagens também são utilizadas dentro de conteúdo específicos em sala de aula, como também em palestras relacionadas a temas de conservação ambiental.

Metodologia

As imagens obtidas a partir de excursões a localidades dentro do estado de Sergipe e estados vizinhos são realizadas com câmera fotográfica digital Canon T5 e conjunto de lentes de aumentos variados. Vídeos de curta duração são feitos com câmera de vídeo Garmin Virb. Smartphones são utilizados para mapeamento e coleta de imagens. Todos os dados fotográficos são devidamente georeferenciados com a utilização do conjunto de GPS Garmin Fenix 2 e GPSmap 62sc.

Impactos Esperados

Divulgação Científica

Auxílio em políticas de conservação do meio ambiente

Referência

Biodiversidade de Sergipe https://www.flickr.com/groups/biodiversidadesergipe/

Biodiversidade do Brasil https://www.flickr.com/groups/2872833@N21/

Braghini. C. R. & Vilar, J. W. C. 2013. Gestão territorial de áreas protegidas no litoral sergipano: primeiras incursões. Ambivalências¬Revista do Grupo de Pesquisa GEPPIP. Volume 1, Número 1.

Governo do Estado de Sergipe, Decreto N° 24.944 de 26 de Dezembro de 2007. Estabelecimento da Reserva Ambiental Refúgio de Vida Silvestre Mata do Junco.

Governo do Estado de Sergipe, Lei N° 2.825 de 23 de Julho de 1990. Estabelecimento da área de proteção ambiental no trecho das margens do Rio Sergipe entre os municípios de Aracaju e Barra do Coqueiros.

Governo do Estado de Sergipe, Lei N° 2.795 de 30 de Março de 1990. Estabelecimento da área de proteção ambiental Ilha do Paraíso na Foz do Rio Vasa Barris.

Governo do Estado de Sergipe, Decreto N° 13.713 de 15 de Junho de 1993. Estabelecimento da área de proteção ambiental Morro do Urubu no município de Aracaju.

Governo do Estado de Sergipe, Decreto N° 13.468 de 21 de Janeiro de 1993. Estabelecimento da área de proteção ambiental da Rodovia SE100¬SUL da Foz do Rio Vasa Barris à Foz do Rio Real.

Souza, B. & Landim, M.F. 2007. Unidades de conservação no estado de Sergipe – Análise do quadro atual. 2007. Caxambu, Minas Gerais, Anais do VIII Congresso de Ecologia do Brasil, 1¬2.

Unidades de conservação ¬ Superintendência de Biodiversidade e Florestas. Governo do Estado de Sergipe www.semarh.se.gov.br/biodiversidade


Notícias UFS