NEPEEB - Núcleo de Estudo, Pesquisa e Extensão em Educação Básica

APRESENTAÇÃO

O Núcleo de Estudo, Pesquisa e Extensão em Educação Básica (Nepeeb) é uma unidade do Colégio de Aplicação (Codap) que, em consonância com as pró-reitorias de graduação, pesquisa e extensão da Universidade Federal de Sergipe (UFS), tem como objetivo mais amplo contribuir para a formação inicial e continuada de professores da Educação Básica do estado. Para isso, busca socializar, por meio de ações de extensão regulares, tais como cursos, oficinas, seminários e encontros, dentre outros, os resultados de pesquisas e práticas de ensino desenvolvidas pelos membros do Núcleo, à comunidade pedagógica do estado. Investe também em provir meios para publicação e divulgação de trabalhos relativos às ações e aos projetos desenvolvidos por seus membros. Nessa perspectiva, constitui-se em fórum permanente de atualização e reflexão sobre a Educação Básica.

Cabe ao Nepeeb representar o Codap, enquanto instância responsável pelas ações de estudo, pesquisa e extensão, junto a outros setores de estudo, pesquisa e extensão, da UFS, bem como perante instituições e órgãos públicos e privados, que tenham interesse nas áreas das suas atribuições.

O Nepeeb é formado por membros efetivos, participantes e colaboradores. São membros efetivos, aqueles que integram o corpo docente ou técnico-educativo do Codap e de outros departamentos da UFS e que manifestam interesse. São membros participantes, professores da comunidade, da Educação Básica ou de instituições de Ensino Superior; discentes de cursos de graduação e pós-graduação de instituições devidamente reconhecidas pelo Ministério da Educação e Cultura; e todos aqueles que tenham interesse e desenvolvam alguma atividade sistemática de pesquisa ou extensão relacionada à Educação Básica.  Por fim, são membros colaboradores, professores e técnicos de outras instituições de Ensino Superior ou da Educação Básica, convidados a se engajar em atividades e projetos específicos de estudo, pesquisa ou extensão do Núcleo.

O Núcleo é coordenado e administrado por um grupo gestor constituído, dentre seus membros, por, no mínimo, dois representantes de cada área de ensino e um representante do Setor Técnico Pedagógico do Codap, os quais são indicados por suas respectivas áreas ou setor, para uma gestão de 2 (dois) anos.

Fundado no ano de 2002, o Núcleo vem, desde então, promovendo eventos de extensão regulares, os quais fazem parte do calendário acadêmico do Codap, tais como o Encontro Sergipano de Educação Básica (ESEB) e o Seminário de Iniciação Científica Júnior.

Tendo sua primeira edição no ano de 2002, o Encontro Sergipano de Educação Básica-ESEB conta com 17 (dezessete) anos de existência e 7 (sete) edições, tendo regularidade bianual. Ao longo desses anos, o evento se legitimou como espaço de discussão sobre questões referentes à Educação Básica no estado de Sergipe, congregando membros da comunidade pedagógica e de pesquisa local e nacional. Seu público alvo é constituído de professores, pedagogos, pesquisadores, alunos de licenciatura e demais profissionais de áreas afins à educação. Nessa perspectiva, o evento vem contribuindo significativamente para a formação continuada de tais profissionais em nosso estado. Apesar de sua abrangência local, focalizando a realidade do estado de Sergipe, em suas últimas edições tem contado com participantes de diversas partes do Brasil.

O Seminário de Iniciação Científica Júnior do Colégio de Aplicação teve sua primeira edição no ano de 2013 e, sendo um evento anual, está em sua 5ª edição. O evento tem por objetivo promover uma socialização das práticas de iniciação científica desenvolvidas por alunos desse colégio, sob orientação de seus professores ou de professores de diversos departamentos da UFS, para a comunidade acadêmica e pedagógica do estado, ao tempo em que busca contribuir para aprofundar a reflexão sobre o papel da iniciação científica na Educação Básica. Ele tem contribuído significativamente para estimular o interesse de alunos do colégio pela iniciação científica, bem como fomentado a discussão sobre tal prática com a comunidade docente do estado de Sergipe.

Os seminários de iniciação científica desenvolvidos pelo colégio envolvem a apresentação de trabalhos na forma de pôster e comunicação oral, além de palestras e mesas redondas. Tais seminários têm tido como público alunos e professores do colégio, da universidade e da rede pública de ensino.